31 de dezembro de 2008

Che, Chico Mendes e Paulo Freire: esperança!

Andei lendo sobre o lançamento em português do álbum "Che - os últimos dias de um herói", dos argentinos Hector Oestertheid e Alberto Breccia (já encomendei para mim!) e, na edição de dezembro da Revista Fórum, uma matéria muito linda sobre Chico Mendes!

Então resolvi, neste último dia de 2008, trazer como inspiração para tod@s - homens e mulheres, lutadores e lutadoras - a vida desses dois cidadãos latinos-americanos e do mundo, juntamente com a vida de outro cidadão latino-americano e do mundo: Paulo Freire.

E uso palavras de Paulo Freire, na "Pedagogia da autonomia", para expressar o que eu entendo como um dos legados desses homens: "Um dos saberes primeiros (...) é o saber do futuro como problema e não como inexorabilidade. É o saber da História como possibilidade e não como determinação. O mundo não é. O mundo está sendo."

Quando a gente estiver quase desistindo, por jogar a toalha, que a trajetória desses três homens nos sirva como esperança e certeza de que "mudar é difícil mas é possível" (mais Paulo Freire).

Boas lutas! Esperança sempre!

*** *** *** *** ***

Atualização em 21 de janeiro de 2013.

3 comentários:

Anônimo disse...

Su...Lê a última que vivênciei da minha vó, a Dona Marlene.
Estavamos passando na praça, semana passada, e minha vó olhou pras banquinhas depois me olhou bem na cara e me disse:
"- Que povo sem vergonha idolatrando esse homem sem vergonha."
Eram colarzinhos, imagens do "Che".
Ai coitada da minha vó, ela acha que só porque eu a admiro por ser uma mulher culta e inteligente, ela acha que me influência em suas escolhas políticas, ideologias....enfim...Acho que ela acha que eu não SEI quem foi Che Guevara e toda sua história.......

Anônimo disse...

Su....Que esse Ano seja de muitas lutas, esperanças, e se como consequência vier a "recompensa" melhor ainda!!!
Um Feliz 2009 para todos (as) Nós!!!!!!!!!
Um beijão Maguiiiiiiiiiii

Benigna Marko disse...

Felis ano nobo