3 de fevereiro de 2009

Causos com computadores: parte zero

ccmdiary2d
Nesses dois meses em que virei aprendiz de blogueira, li tantos blogs educativos que nem sei…
O que mais repeti: “Geeeente, como o pessoal produz!”
Me dei conta de duas coisas:


  • a importância do registro* e da partilha de nossas práticas - o blog é um suporte muito interessante para isso; e





  • a urgência da formação continuada  – especialmente, a inclusão digital – para que tod@ @s professores(as) tenham acesso às novas tecnologias e possam garanti-lo aos(às) alun@s.



Paulo Freire  dá o suporte teórico para essas constatações:


  • “É pensando criticamente a prática de hoje ou de ontem que se pode melhorar a próxima prática” e





  • “Faz parte da natureza da prática docente a indagação, a busca, a pesquisa. O que se precisa é que, em sua formação permanente, o professor se perceba e se assuma, porque professor, como pesquisador.”



As minhas andanças pela blogosfera têm  muito da  minha  inquietação… Mas também há muito do ProInfo Integrado (Programa Nacional de Formação Continuada em Tecnologia Educacional), com os cursos Introdução à Educação Digital (40h) – já concluído - e Tecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TICs (100h) – será finalizado em maio de 2009.
E como aprendi que blogar é, principalmente, dialogar,  resolvi botar na roda os meus causos com os computadores… Tenham paciência comigo…
--------------------------------------------------------------------------------------------------------

* Há um artigo na Revista Nova Escola, de janeiro de 2009, sobre a importância dos registros (podes lê-lo aqui). Diz lá:
“Escrever sobre a prática faz pensar e refletir sobre cada decisão que foi ou será tomada, permitindo aprimorar o trabalho diário e adequá-lo com frequência às necessidades dos alunos.
O que não falta no dia-a-dia do professor são oportunidades para colocar ideias e reflexões no papel – ou na tela do computador.”


O desafio que faço aos(às) meus(minhas)  colegas: vamos fazer nossos registros, partilhá-los… quem sabe em blogs?

5 comentários:

Francisco A Silva disse...

Ola. Eu também penso que se expressar é mais que transmitir pensamentos ou conhecimento, é uma forma também de exercer cidadania e democracia! Os blogs (ou a blogsfera) é o caminho perfeito para isso e o que é interessante, não faz distinção alguma.

Abraço

Elaine dos Santos disse...

Oi, professora! Pertencemos a uma geração que teve poucas oportunidades para dialogar, se manifestar, assim, concordo com o Francisco: "expressar (..) é uma forma também de exercer cidadania e democracia". No entanto, vejo um problema nas escolas por onde transito: ainda existem professores resistentes às novas tecnologias, o curso de formação - TICs - ofertado pela CRE teve 20 inscritos e acabou com 4. Alguns profissionais ainda não sabem a diferença entre drive e pendrive e se desesperam se o disquete não abre. Queria ver mais vontade entre os professores... temos uma colega que costuma dizer que sou o sal da escola, costumo me denominar a pimenta, de qualquer forma, estou sempre instigando e o meu próprio blog tem um pouco desta intenção, mostrar que a interação com o aluno é possível, via internet, e que expressar experiências, inquietações pode nos ajudar a crescer, amadurecer profissionalmente. Como boa professora de português escrevi demais, né? abçs.

Lenira, Deolinda, Claudiane, Vanda disse...

Olá, Suely, muito boa sua postagem. Meu primeiro contato com blogs aconteceu quando assumi uma turma de 1ª série em fevereiro de 2008, nas pesquisas sobre alfabetização encontrei o primeiro que aguçou minha curiosidade. A partir daí surgiram centenas e quanto mais descobria mais me apaixonava pela globosfera. Em julho do mesmo ano resolvi criar o alfabetização em foco, assim que as colegas de trabalho conheceram passaram a ser parceiras. Em outubro fiz o proinfo de 40 horas e aprendi ainda mais sobre os blogs e a cada dia trabalhos como o seu aqui no Ufa! me encantam sempre mais. Fizemos um a reflexão enriquecedora sobre a matéria de nova escola, citada na postagem, na jornada pedagógica 2009 realizada agora nos dias 02/03.

Abraços

Lenira

krika disse...

Ufa,Suely,que bom que blogou!
Eu e minha amiga Géssica estamos tentando colocar um blog para nós professoras de 6º ao 9º ano do ensino básico...assim cheguei aqui no seu...notou como os blogs de ensino infantil são maneiros e em grande quantidade? Precisamos reagir... venha ver nosso trabalho, ok?
Nosso enfoque é para a leitura...
projetoseideias.zip.net

Sérgio F. Lima disse...

Opa Suely,

Este é um caminho sem volta :-) Compartilhar, registrar, abandonar a solidão da escrivaninha e ser comunindade.

Todos nós ganhamos com isto :-)

bjs