11 de março de 2009

Um(a) blogueir@ sozinh@ não tece… ( parte 1)

seloComunidade


Um galo sozinho não tece uma manhã:
ele precisará sempre de outros galos.
De um que apanhe esse grito que ele
e o lance a outro; de outro galo
que apanhe o grito de um galo antes
que com muitos outros galos se cruzem
os fios de sol de seus gritos de galo,
para que a manhã, desde uma teia tênue,
se vá tecendo, entre todos os galos.

(João Cabral de Melo Neto)
Andava procurando material para ler com a gurizada na escola e me deparei com João Cabral em “Tecendo a manhã”!

São tão encantadoras as provocações que o texto literário nos faz, dependendo da situação, do contexto, das vivências…

Desta vez “Tecendo a manhã” me fez lembrar da experiência de blogueira. Acho que somos como esses galos, tecendo a rede de edublogueiros…

E os posts, os comentários são os “gritos” que lançamos para que outr@s apanhem e lancem a outr@s…

Primeiro apanhei o grito da Blogosfera Marli, que me lançou ao Palavra Aberta, da Gládis, que me fez cruzar com muitos outros blogs… e tecer…

…o Ufa!… chegar…

… ao grupo de discussão Blogs Educativos

O grupo foi criado há quatro anos, sugestão da Fátima Franco, que, interagia, num chat no Portal Educarede, com a Marli Fiorentin.

No ano passado, o grupo realizou o primeiro Congresso de Tecnologias na Educação – on-line e assíncrono! Pena que não participei, ainda não estava na rede… Mas há a revista digital Tecnologias na Educação com as produções realizadas no congresso… imperdível!

-------------------------------------------------------------------------------------------

Podes ler “Um(a) blogueir@ sozinh@ não tece… (parte 2) seguindo este link!

6 comentários:

Anônimo disse...

É certamente esta comparação procede, Sú teus gritos(posts) são lançados e se propagam não só como informações mas também como motivação e isso é shou.
Prabéns.Andrea

Cecy disse...

Adorei o blog, sou professora e criei dois blogs, um particular pra aprender a blogar e um pra trabalhar com os alunos.

Lenira, Deolinda, Claudiane, Vanda disse...

Oi Suely, adoro este poema, adoro o João Cabral e adoro com todo esse carinho na hora de Postar. Todos os dias lá pelas cinco da manhã eu me lembro deste poema. Nós temos um galo despertador no quintal, e pontual, todos os dias as 5 da manhã lá está ele respondendo o canto dos outros.

Bjus amiga... Lenira

Lenira, Deolinda, Claudiane, Vanda disse...

Só pra complementar a postagem:
adoro voce com todo esse carinho na hora de postar...

Profª Thaiza disse...

Presentinho pra você lá no QUIMILOKOS!
[]'s

Elaine dos Santos disse...

Oi, Suely! td bom? nem me fala em correria, iniciando o ano na escola, a cuidadora do pai "desaparece", estou em casa, cuidando dele e lendo muito...as aulas do doutorado iniciaram no dia 09. Qdo precisar material para a literatura, pode contar comigo...as idéiasn não são fantásticas, mas podem ser aprimoradas...rsrsrsrs...abraços e bom findi.