23 de agosto de 2009

Etapa 1: vivências e aprendizagens

No início do ano letivo,  mudanças inesperadas em minhas atividades me atropelaram. Saí do ensino noturno de uma escola, depois de quase dez anos trabalhando na Educação de Jovens e Adultos – uma paixão e uma convicção! E fui para outra escola, no turno da manhã, para atender   turmas do  Curso Normal.

Essas guinadas bruscas nos deixam meio inseguros… mas como adoro me sentir desafiada…

Minha nova escola oferece a modalidade do curso normal para @s alun@s que já concluíram o ensino médio – Aproveitamento de Estudos. São dois anos em que se trabalham, principalmente, as disciplinas de didática e se realizam  práticas de ensino! Quer dizer, um curso rápido  que exige  envolvimento e  compromisso!

Uma das práticas consiste na organização de um seminário.  E aí a turma da Etapa 1 superou as expectativas…

As frias noites de 08, 09 e 10 de julho foram acalentadas por muita troca de conhecimentos: aprendemos novos olhares sobre as pessoas com necessidades especiais: Ninguém é igual a ninguém! Descobrimos que muitos trabalhos  interessantes  são realizados nas escolas  da cidade, na tentativa de superar os preconceitos e a falta de políticas públicas…

O educando Alex fez um relato da caminhada da etapa 1, revelando a história de fortalecimento  do grupo. Vale a pena lê-lo!

A História da Etapa 1

Começo do ano letivo: a sala está boa, conhecemos uns aos outros, sentamos, conversamos e começamos a nos relacionar.

Em abril, participamos de um trote realizado pela etapa 3, em que nos divertimos e confraternizamos. Nesse mês, desistiram do curso as colegas Ana Eunice, Paula e Simone.

Também conhecemos nossa professora de filosofia/ sociologia, uma mulher capacitada e sincera que, nas suas aulas, nos leva a ter um aprendizado melhor. Suas palavras são de incentivo a fazer a diferença.

A gente agora já tinha os nossos quatro professores: Prof. Leandro (Psicologia), prof. Kátia (Didática Geral), prof. Suely (Português) e a prof. Elizabeth (Filosofia/ Sociologia).

Em maio, tivemos nossa primeira confraternização: comemoramos meu aniversário e o do Paulo. Também nesse mês tivemos a escolha dos líderes e conselheiro(a) - Sandra Meirelles (líder),  Paulo Henrique (vice) e a  Professora Kátia (conselheira). Outras duas colegas acabaram desistindo: Marília e a Fátima, sentimos muito pelo fato de ter perdido mais duas colegas.

Em junho, nos envolvemos na preparação do seminário de apresentação e do seminário dos PNES. Começamos esse mês perdendo a nossa colega Laura. Nesses últimos dois meses, a turma acabou sentindo alguns espinhos que surgiram.

Nos dias 25 e 26, aconteceu o seminário em que relatamos para os professores e os alunos  nossas observações nas escolas.

Em julho, continuamos na preparação do nosso seminário dos PNES. No dia 02, a confusão estava montada: um grande desencontro de idéias aconteceu, acabamos nos desentendendo.

Mas depois tudo acabou se resolvendo, seguimos na preparação do nosso evento - Seminário dos PNES.

Os esperados dias chegaram - 08,09 e 10 de julho. Podemos dizer que nosso seminário foi ótimo. Todos os palestrantes falaram de suas experiências e da importância de trabalhar com as crianças, com necessidades e com as ditas normais. Também tivemos a honra de ver seu Agnaldo e sua companheira dançando (ele, cego e ela, cadeirante). Foi maravilhoso ver que mesmo sendo deficiente também podemos fazer muitas coisas!

Concluímos que, apesar de todas as confusões, de todas as preocupações que tivemos, nosso seminário foi bom, pois através dele conquistamos grandes conhecimentos, importantes na caminhada.

Agradecemos a todos nossos professores e a nossa supervisora pela colaboração nessa etapa, acreditamos que na próxima continuaremos trabalhando juntos. Conquistando novos objetivos. NINGUÉM É IGUAL A NINGUÉM!

Para mim, ter convivido com @s alun@s da etapa 1 foi muito bom: construímos laços afetivos bem importantes! Aprendemos junt@s!

 

8 comentários:

adri. disse...

Como sempre, tuas postagens são inspiradoras.
Saudade de ti Su!
Beijoca..

P.S.: E nosso café? Rsrs

Gustavo Garotti Scandiuzzi disse...

Olá,

Deixamos aqui a divulgação da Primeira Olimpíada Nacional em História do Brasil, iniciativa inédita no país, organizada pelo Museu Exploratório de Ciências da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com o apoio do CNPq. A Olimpíada é para escolas públicas e particulares e acontece pela internet, com equipes formadas por estudantes do oitavo e nono anos do ensino fundamental e por estudantes do ensino médio, juntamente com seu professor. As inscrições já estão abertas!

Visite nosso site:

“www.mc.unicamp.br”

Pedimos que divulgasse a Olimpíada em seu site/blog, para que professores e alunos interessados possam participar.

Quaisquer dúvidas mande e-mail para:

olimpiadadehistoria@gmail.com

Obrigado

Equipe Organizadora da Primeira Olimpíada Nacional em História do Brasil

Patrícia disse...

Lindo, Suely!
Abraço!

Miriam disse...

Olá Sueli, tem um selo para você no meu blog. Dá uma chegadinha lá.
Bjks.

Alê disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Teresinha Bernardete Motter disse...

Suely, vim agradecer teu apoio e cooperação. Muito obrigada , espero que possamos trabalhar juntas.
bjs
Berna

Alex disse...

muito bom mesmo..Parabéns professora
e obrigado pelo seu carinho pela nossa turma..

thais monteiro disse...

Foi um aprendizagem muito boa conviver com essa turma até o dia de hoje, apesar de ter perdidos alguns colegas ao longo da 1º etapa e os que conseguiram avançar para a proxima etapa que essa turma seja até o final!!!
BOA SORTE PARA TODOS NÓS!!!