30 de julho de 2009

Felicidade clandestina: o conto e o filme



Chegando em casa, não comecei a ler. Fingia que não o tinha, só para depois ter o susto de o ter. Horas depois abri-o, li algumas linhas maravilhosas, fechei-o de novo, fui passear pela casa, adiei ainda mais indo comer pão com manteiga, fingi que não sabia onde guardara o livro, achava-o, abria-o por alguns instantes. Criava as mais falsas dificuldades para aquela coisa clandestina que era a felicidade.
     No post do dia 26 de julho, mencionei o final de Felicidade Clandestina, de Clarice Lispector.

     Amo esse texto por que traduz o jeito como penso a literatura: uma paixão meio possessiva, meio grudenta!

     Não, não me identifico com a gordinha sardenta… mas com a menina que deseja ardentemente a obra de Lobato, para tê-la à sua disposição e lê-la… esses os prazeres!

     Procurava esse texto na web e dei com o curta Clandestina felicidade, de Beto Normal, Marcelo Gomes. Uma delícia de filme – fatos da biografia de Clarice misturados à cenas da obra de Clarice – realidade e ficção!

      O fio condutor é o amor aos livros - trama do conto Felicidade Clandestina - que se entretece com A hora da estrela, Restos de carnaval, Uma galinha e com a biografia da autora: a personagem principal é a menina Clarice!

     A cena em que a menina chega à biblioteca é uma revelação, sua vida se ilumina, uma verdadeira epifania!!! Quem, ainda, aprecia livros sabe do que estou falando…

     Vale a pena assisti-lo e mostrá-lo aos(às) alun@s!






     Não dá para perder, também, o site Clarice Lispector! Um espaço cheio de beleza, de poesia… como a autora!

5 comentários:

Cecy disse...

No meu mestado trabalhei com o Jornal do Brasil e tive a oportunidade de ler a coluna da Clarice. Uma delícia, dava vontade de redefinir o tema da tese e trabalhar só com os textos dela.

adri. disse...

Suuu!!!!
Saudade gigante de ti!
Me manda teu msn =)
Beijoca

PetitCouer disse...

Olá!! Sou Aparecida e procurando sobre Felicidade Cladestina encontrei seu blog. Esse livro é lindo, seu tema é mágico! Estava procurando o vídeo e achei! Infelizmente não sei ( e tb não consegui) copiar. Será qe vc poderia enviá-lo para mim. Irei utilizá-lo em um trabalho para uma disciplina da pós-graduação. Abraços

Fátima Campilho disse...

Ufa!Cheguei!
Sem tempo para nada, menina.
A prefeitura do RJ entregou dois livros para cada professor e adivinhe um deles? Acertou! Felicidade Clandestina. Vou já assistir ao curta.
Abraços

Clarissa Oliveira disse...

Olá! Amei o vídeo!
Quanto à marotona de matemática, meus filhos também participaram e disseram mesmo que muitos alunos não ficam na aula pra não participarem porque não vale nota! E a participação, o aprendizado e até mesmo o desafio??? Que pena!
Beijos...