20 de outubro de 2009

Relato de um insight

Bloguinho15_09_09
Meu filho tem 10 anos e é leitor! Há três anos mais ou menos tinha guardado na estante “Dom Quixote das crianças”, de Monteiro Lobato (uma edição linda em quadrinhos!), mas nunca se interessara pela obra...

De uns tempos para cá, lê vorazmente HQ... e descobriu o livro de Lobato. E me surpreendeu:

- Mãe, eu me identifico muito com Dom Quixote! disse alegremente.

- Como assim, filho?! levei o maior susto…

- Eu também adoro brincar com a imaginação... e por isso tem gente que me acha meio doido!

Ao ler a teoria dos gestaltistas sobre o modo de aprender,  um dos temas da disciplina Concepções de Aprendizagem, do curso de Especialização Tecnologias em Educação,  me lembrei desse episódio que vivenciamos há alguns meses, que evidencia a idéia de que
“... o modo de aprender é totalmente ligado à percepção das relações que existam no que estamos aprendendo e das relações que estabelecemos com o que já temos construído, ou seja, nossa experiência.” (texto de Maria Apparecida Mamede-Neves)
Meu filho relacionou a história de vida daquela personagem da ficção com a experiência pessoal dele (menino de 10 anos)... Entendeu a chave da história de Cervantes recontada por Lobato e vibrou com isso. Revelou na sua fala a alegria de encontrar alguém parecido com ele – criativo e incompreendido: estava resolvido seu problema.Teve um insight!


8 comentários:

Fatima Cristina disse...

Oi Suely!

Que legal ,não?
Quando o filho revela um insight como esse através da leitura, os pais babam... Que orgulho! Parabéns!

Beijos!

Elaine dos Santos disse...

Ai, Suely! Ameeeeei :)
E sabe que recebi um grande conforto: eu também me acho meio doida, os outros me acham meio doida...deve ser esta capacidade imaginativa que a gente tem...ainda bem!!! abçs :)

pedagogica mente blogando disse...

Que coisa gostosa de ouvir!Mas a leitura faz isso.É uma viagem que conduz o leitor por "mares nunca dantes navegados".Aí entra a importância do incentivo à leitura. Alguns têm esse gosto inato,outros precisam despertar para esse prazer. E os professores de leitura podem ajudar muito.Pensou se 80% dos alunos tivessem um insight assim?Nossa missão estaria cumprida. grande abraço.

covildoorc disse...

Que meu filho, num futuro distante, também seja assim! hehe

Miriam disse...

Olá Suely, tentei fazer um comentário antes aqui no seu blog, mas não consegui. Agora tentei pelo firefox e deu. Que bom receber sua visita, me sinto muito honrada. Que gracinha seu filho, mas é claro que filho de peixe...
BJKS, carinhosas.

Edimar Suely disse...

Olá,

O espaço Jesus Minha Rocha completa 4 anos de existência e 85.000 visitas e você faz parte dessa história. Vem comemorar comigo e traga seu mimo.

Te espero por lá.

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha2.zip.net

Patrícia disse...

Suely!
Que coincidência, ontem fui com meus colegas da faculdade assistir uma peça sobre Dom Quixote, estamos lendo o livro este semestre, é MARA!! O teu filho gostar de ler também, espero que os meus, um dia, sejam assim, ao menos tentarei incentivá-los, todos os pais deveriam fazer isso!

Beijos!

Isabel disse...

Muito legal!!! Para quem respira leitura só pode dar nisso... É um orgulho para uma mãe/prof.ª apaixonada por literatura.