17 de setembro de 2010

De minhocas e TCC (2)

minhocas

Professores que realmente estão em rede encontram-se na rede. (Suzana Gutierrez)

     Decidi pensar em como  construir essas redes mediadas pelas TIC.

     Entre os nove temas propostos pelo curso, escolhi:

  • Experiência de uso educacional de Ferramenta Web 2.0

     Pergunta de partida (primeira tentativa):

  • Como fomentar/instigar a presença online de futur@s professoras e professores (alun@s do Curso Normal em nível médio) usando ferramentas da web 2.0 que possibilitam construir conhecimento de forma colaborativa, qualificando a pesquisa, buscando a autoria?

     Segunda:

  • É possível fomentar/instigar, n@s futur@s professoras e professores (alun@s do Curso Normal em nível médio), uma presença online, que possibilite a reflexão sobre a prática, a construção do conhecimento de forma colaborativa, a qualificação da pesquisa, a busca pela autoria, com autonomia e criatividade?

     Por que  pretendo  montar um projeto de ação pedagógica a ser desenvolvido em sala de aula?

     Nas escolas das redes públicas (estadual e municipal), há laboratórios de informática, com computadores conectados à Internet. Isso é um fato. Não tem como retroceder. Portanto, é urgente e necessária a apropriação dessa tecnologia pel@s professores e professoras e pel@s alun@s.

     Além de significar novas possibilidades de construção do conhecimento, o acesso à rede de computadores deve ser garantido na escola pública, pois, é , especialmente, o lugar em que acontece a inclusão digital.

     Há que considerar, também, que a maioria d@s alun@s do Curso Normal em nível médio vem de famílias com baixo poder aquisitivo, em que a presença do computador (e da Internet) é escassa. Quando desejam se comunicar com os amigos, por exemplo, através de redes sociais – exclusivamente, Orkut e Msn - muit@s frequentam  lan houses. Quer dizer, mesmo com o acesso meio limitado, já fazem parte de algumas redes online, com um objetivo lúdico, de lazer.

     É preciso, então, que comecem a usar interfaces (Marco Silva), também, para trocar experiências com os pares (futur@s professoras e professores), fazer a reflexão sobre as práticas, elaborar trabalhos colaborativos, realizar pesquisas, buscar a autoria, com criatividade, autonomia e criticidade; ou seja, que desenvolvam uma cultura de colaboração, partilha e produção de saberes (Maria Raquel Patrício e outros), que aprendam em rede e na rede.

--------------------------------------------------------------

Esse texto está quase como enviei para a disciplina Pesquisa e Saber Docente, do Curso de Especialização Tecnologias em Educação. Por isso, o tom mais formal!

4 comentários:

Professora Carla Fernanda disse...

Boa noite! PArabéns pelo post!
Carla Fernanda

Contato Venda Cursos disse...

Olá, muito instrutivo seu site, parabéns! Gostei por estar muito bem focado em educação.
Como ele é bem direcionado, tenho uma oferta, que penso possa ser muito produtiva e rentável para você.
Acha possível vender cursos, através do seu site, cursos bem baratos (á partir de R$ 20,00) com certificado e ganhar boas comissões ?
Hoje já tenho sites como o seu, que no primeiro mês já receberam mais de R$ 500,00.
Tudo o que estou dizendo, tenho comprovação no meu site e se começar hoje te proporcionamos um bônus de R$ 10,00 se tiver interesse viste: http://vendacursosonline.blogspot.com/
Abraço.
Bruno

Nelza Jaqueline disse...

Oi Suely!!! Que tal uma parceria? Gostaria de fazer parte do seu grupo, de colaborar com as meninas com as quais tu trabalhas, trocando experiências sobre o uso das TICs na sala de aula. Pensa com carinho na possibilidade com carinho e me diz... trabalho com 1º e 5º ano na rede municipal de Porto Alegre.

Beijos

Josete disse...

Olá Suely!
Faz tempo que não faço uma visita, né?
Fico feliz, pelo que li estás fazendo especialização em TIC. Parabéns!
Queria pedir que, por favor, me seguisse e votasse no blog http://teofilopreservamata.blogspot.com
Estamos concorrendo ao prêmio Top Blog na categoria sustentabilidade. Como é um projeto da escola, ficaríamos felizes em ganhar o prêmio. Contamos com seu apoio. Bjs, Josete